Imposto de Renda 2018

O Imposto de Renda 2018 é um tributo da Receita Federal obrigatório para todos os brasileiros que receberam um valor acima de R$ 28.559,70 no ano base. Tem-se uma estimativa que mais de 30 milhões de contribuintes façam a entrega da declaração neste ano.

O dinheiro arrecadado por meio da Receita Federal uma parte é destinado ao Governo Federal e a outra retorna aos estados e municípios de origem do dinheiro para que assim possam financiar projetos de saúde, educação e programas sociais como o Fome Zero e o Bolsa Família.

Abaixo você encontrará informações referente ao imposto de renda, como:

  • Declaração;
  • Isenção;
  • Restituição;
  • Consulta.

Por isso você que estará fazendo a declaração pela primeira vez leia atentamente para não se passar na hora de declarar, vale o mesmo para você que já declara a algum tempo.

Imposto de Renda 2018

Imposto de Renda 2018O imposto de Renda é instituído pelo Governo juntamente com a receita federal dos brasileiros que estejam enquadrados nos requisitos estipulados pelo mesmo.

O pagamento do IRPF 2018 será destinado ao Tesouro Capital que é uma poupança do Governo e será destinada a saúde, educação, alimentação, programas sociais e muito mais.

Deverão declarar imposto de renda 2018 pessoas físicas e pessoas jurídicas.

Caso você seja um contribuinte e não realize a declaração você cairá na malha fina, no qual receberá uma multa por falta de pagamento ficando assim com divida com o Governo e com o nome sujo, portanto não deixe de realizar a sua declaração de imposto de renda.

Declaração de imposto de renda 2018

Para fazer a declaração imposto de renda será preciso que você separe todos os seus documentos precisos tais como:

  • Cópia da declaração do Imposto do ano anterior;
  • Título de Eleitor para quem for declarar pela primeira vez;
  • Cópias de recibos/notas fiscais fornecidos a pacientes ou clientes;
  • Informes de rendimentos financeiros fornecidos por bancos;
  • Informes de pagamento de contribuições a previdência privada;
  • Recibos de aluguéis pagos;
  • Documento de compra ou venda de veículos;
  • Documento de compra de veículos ou de bens por consórcios.

Após separar toda a documentação será preciso que você baixe o programa IRPF no seu dispositivo por meio do site da Receita Federal.

Imposto de Renda 2018

Após fazer o download programa da Receita Federal ele te informará uma série de orientações de preenchimento. No momento de declarar o IRPF você terá que selecionar a opção de pessoa física ou jurídica. Sendo feito isso você terá que preencher todas as informações precisas, para isso você utilizará os documentos que você terá em mãos.

Caso você sentir dificuldade na hora de fazer a sua declaração de imposto de renda 2018, é recomendado que você contrate os servições de algum contador. Para que não tenha transtornos devido algum procedimento feito errado.

Quem deve declarar imposto de renda 2018

Para realizar a declarar será preciso que você se enquadre em alguns requisitos que torna o contribuinte obrigado a fazer essa declaração IRPF 2018.

Ainda existe muitas dúvidas das pessoas que se perguntam que se devem declarar imposto de renda ou não, a seguir você confere quem entra nessa regra, Veja:


Requisito 01

As pessoas físicas residentes no Brasil que receberam rendimentos tributáveis superiores a R$ 28.559,70 ano ano base;


Requisito 02

Os contribuintes que receberam rendimentos isentos, não-tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma tenha sido superior a R$ 40 mil no ano passado;


Requisito 03

Quem obteve ganho de capital na alienação de bens ou direitos, sujeito à incidência do imposto, ou realizou operações em bolsas de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas;


Requisito 04

Quem tiver a posse ou a propriedade de bens ou direitos, inclusive terra nua, de valor total superior a R$ 300 mil, também deve declarar IR neste ano;


Requisito 05

Quem teve, no ano passado, receita bruta em valor superior aos R$ 142.798,50 oriunda de atividade rural.


Isenção imposto de renda 2018

Nem todas as pessoas são aptas a realizarem a declaração, desta forma, algumas pessoas estão isentas de tal imposto, para isso, é preciso está enquadradas entre os critérios da Receita Federal, como por exemplo: rendimentos relativos a aposentadoria, pensão ou reforma.

Além desse existem outros critérios para participar da isenção imposto de renda, como pessoas que possuam alguma das seguintes doenças:

  • AIDS (Síndrome da Imunodeficiência Adquirida);
  • Alienação Mental;
  • Cardiopatia Grave;
  • Cegueira;
  • Contaminação por Radiação;
  • Doença de Paget em estados avançados (Osteíte Deformante);
  • Doença de Parkinson;
  • Esclerose Múltipla;
  • Espondiloartrose Anquilosante;
  • Fibrose Cística (Mucoviscidose);
  • Hanseníase;
  • Nefropatia Grave;
  • Hepatopatia Grave;
  • Neoplasia Maligna;
  • Paralisia Irreversível e Incapacitante;
  • Tuberculose Ativa.

Alguns contribuintes estão enquadrados em um dos critérios acima, porém não sabe o que fazer para utilizar da isenção imposto de renda 2018. Desta forma você terá que procurar um serviço médico oficial da União para que seja avaliado e se comprovado emitir um laudo pericial comprovando a moléstia.

Sendo assim, na hora da declaração o contribuinte deverá apresentar tal documento e emitir e declarar a isenção.

Tabela imposto de renda 2018

Todos os contribuintes do imposto de renda deverão ter conhecimento da tabela de tal imposto pelo fato da mesma sofrer atualizações todos os anos, logo, é importante acompanhar os novos valores atualizados.

A tabela Imposto de Renda varia de acordo com a renda de cada contribuinte. Quem recebe rendas mais baixas não sofre tanta incidência da tributação quanto a outras pessoas que sofrem reajustes utilíssimos devido a sua renda.

Confira a tabela seguir:

Imposto de Renda 2018

Será por meio da nova tabela que será possível consultar quem sofreu reajuste. Somente após a aprovação do Congresso Nacional é que a nova tabela começa a valer. Quem determina os valores é a Câmara dos Deputados juntamente com o Ministério da Fazenda.

Restituição imposto de renda 2018

Imposto de Renda 2018A restituição do imposto de renda para os contribuintes será feita por lotes a partir de junho, no qual darão prioridades aos idosos juntamente com pessoas com doenças graves logo após virão os contribuintes que enviaram a sua declaração nos primeiros dias do prazo.

Veja algumas observações úteis sobre a restituição IRPF 2018:

  • Recebe a restituição quem pagou o valor a mais;
  • A taxa selic é ajusta os valores da restituição;
  • Será depositado na conta cadastrada ao fazer a declaração;
  • Idosos, deficientes e pessoas com doenças graves recebem primeiro.

Para saber o valor que será pago na restituição imposto de renda 2018 é necessário consultar os lotes no site da Receita Federal.

Consulta imposto de renda 2018

Para que o contribuinte possa verificar se a sua restituição está liberada ele deverá acessar o site da Receita federal e fazer a consulta imposto de renda através do endereço a seguir:

Imposto de Renda 2018

  • www.receita.fazenda.gov.br;
  • Insira seu CPF;
  • Selecione o ano;
  • Coloque a data de nascimento;
  • Digite o código de segurança;
  • Clique em “Consultar”.

Outro meio de ficar ciente de que sua restituição está disponível é através de mensagem SMS, é só cadastrar seu celular para receber gratuitamente a mensagem de texto.

→ Conclusão 

Após obter essas valiosas informações não se passe no prazo de declarar imposto de renda para que assim você possa ficar despreocupado, sem receber multas e dividas.

Caso você não saiba ou não queira fazer a declaração anual do imposto de renda nos recomendamos que você contrate um contador que preste serviço.

Caso tenha alguma dúvida referente as informações do imposto de Renda 2018 deixe o seu comentário a seguir que te respondermos o mais breve possível. Boa Sorte!!

Imposto de Renda 2018
Avalie este artigo!

Deixe um Comentário

3 Comentários